Tumultos, desorganização e despreparo marcam o primeiro dia do SALIPA 2015


Algumas pessoas levaram até duas horas para fazer o cadastramento no evento e, ainda assim não conseguiram assistir a palestra inaugural com Gabriel O Pensador.

Com um público menor do que nas edições anteriores, teve início na noite desta quarta-feira (11), o 6º Salão do Livro de Parnaíba – SALIPA, um evento realizado pela Prefeitura de Parnaíba, em parceria com a Fundação Quixote.


Iniciado com uma hora de atraso, o evento foi marcado por tumultos, má organização e diversas falhas técnicas. A não inscrição através da internet, que era realizada em anos anteriores, gerou filas enormes na praça de eventos do Complexo Turístico Porto das Barcas, e mesmo após inscritos, centenas de pessoas foram barradas na porta do auditório da Associação Comercial, pois o local que comporta apenas 250 lugares logo foi lotado.


Um princípio de tumulto foi gerado pelos que não conseguiram adentrar ao auditório. Voluntários, que a todo momento repetiam que não tiveram treinamento e que apenas receberam ordens para não deixar mais ninguém entrar, eram hostilizados pelos visitantes do Salão. Durante toda a confusão, nenhum funcionário da Prefeitura de Parnaíba ou da Fundação Quixote compareceu ao local de acesso, para acalmar os ânimos. Segundo a própria Prefeitura de Parnaíba, cerca de 900 pessoas foram barradas, inclusive diversos profissionais da imprensa.


Os telões posicionados na Praça de Eventos do complexo, e que exibiam as atividades do auditório, pararam de funcionar logo no início do bate papo com o cantor e compositor Gabriel O Pensador, o que novamente gerou insatisfação aos presentes.


Na área reservada à feira de livros, em baixo da Ponte Simplício Dias, não havia energia elétrica, e nem gerador funcionando, o que obrigou os expositores e visitantes a utilizarem lanternas ou leds dos celulares.


Durante o discurso de abertura do evento, o Prefeito petista Florentino Neto, reforçou a necessidade da construção de um Centro de Convenções na cidade de Parnaíba. Vale ressaltar que o Centro de Convenções foi uma de suas promessas na campanha de 2012 e após 3 anos de mandato não foi cumprida.

Muitos visitantes saíram mais cedo do evento, e reclamavam da péssima organização. Até mesmo os bares e restaurantes do Complexo Turístico foram prejudicados pela não permanência dos visitantes. O que se pode concluir, é que há um caos instaurado na gestão do atual Prefeito Florentino Neto (PT), onde secretarias hoje são ocupadas por indicação (e agrado) política, não como órgãos onde deveriam estar pessoas capacitadas para os mesmos.

Portal F5
Tumultos, desorganização e despreparo marcam o primeiro dia do SALIPA 2015 Tumultos, desorganização e despreparo marcam o primeiro dia do SALIPA 2015 Reviewed by Redação on 11:25 Rating: 5

Nenhum comentário:

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.