A saída da Vikstar e o silêncio das autoridades


A notícia da semana é a interrupção das obras de implantação da VIKSTAR em Parnaíba. Segundo informações a empresa geraria cerca de três mil empregos no litoral do Piauí.

À época, a notícia foi trazida pelo prefeito como mérito da sua gestão na geração de emprego e renda e exaustivamente propagada por setores da imprensa governista.

Meses depois, o fato de a empresa não mais se instalar na cidade é tratado com indiferença. Nenhuma palavra, tão pouco explicação plausível. A resposta para a população é o silêncio. Silêncio este, aliás, que parece ter sido a marca desta gestão sempre que surge um problema grave que afeta a coletividade.

Foi assim com o incêndio no depósito da secretaria de educação, que até hoje não há sequer um pronunciamento oficial informando as causas do ocorrido.

Sobre a saída da academia de Polícia também faltou resposta. O fim dos voos da AZUL para Parnaíba. E assim, muitos e muitos casos de interesse público são varridos para baixo do tapete sem que nós cidadãos tenhamos a devida explicação.

E assim Parnaíba segue perdendo oportunidades de crescimento. Sob o olhar complacente daqueles que tem o dever de promover o desenvolvimento da cidade.

Curioso é que quando o prefeito pega um tijolo ou pedra e posa para as fotos, o fato é exaustivamente explorado pela mídia governista e propagado como se este tivesse realizado a oitava maravilha do mundo moderno.

Nada mais que sua obrigação, como também o é o dever de prestar contas e informar a população qual a razão de nossa cidade perder três mil postos de trabalho que poderiam ser Fonte de renda para cerca de três mil famílias. Com a palavra o senhor prefeito.

Eliaquim Nunes - Advogado
A saída da Vikstar e o silêncio das autoridades A saída da Vikstar e o silêncio das autoridades Reviewed by Redação on 09:26 Rating: 5

Nenhum comentário:

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.