João Henrique não crê em saída de Marcelo Castro do PMDB após rompimento


O ex-ministro e vice-presidente do diretório estadual do PMDB, João Henrique Sousa, não acredita que o ministro Marcelo Castro vá deixar o partido por conta do rompimento com o governo Dilma Rousseff. Castro, que comanda a pasta da Saúde, já havia deixado claro que não concordava com o posicionamento da executiva nacional, demonstrando lealdade à presidente.

“Acredito que ele (Marcelo Castro) não saia do partido. Aliás, todos eles (ministros do PMDB). A tendência é que os ministros sigam a decisão do partido. O certo é que o PMDB não está mais no governo”, declarou de Brasília ao Cidadeverde.com

Marcelo Castro, em uma de suas últimas tentativas de mudar o posicionamento do PMDB estadual, retornou ao comando do diretório. Ele e todos os outros ministros têm até o dia 12 de abril para se posicionarem. A data foi aprovada de forma consensual na reunião desta terça-feira.

“Pelo o que ficou estabelecido pelo consenso, eles (ministros) teriam até o dia 12 para deixar os cargos. O PMDB não está mais na base do governo e, em consequência disso, os ministros não são mais ministros em nome do PMDB e sim em nome próprio”, afirmou João Henrique.

O ex-ministro classificou a decisão do PMDB como histórica e acredita que a maioria da opinião pública do Brasil é a favor do rompimento.

“Foi uma decisão histórica do partido, tanto é que foi feita por aclamação. Mais de 100 integrantes dos diretórios compareceram. Toda decisão não é unânime. É vista de duas formas, mas hoje a maioria da opinião pública apoia o PMDB”, acredita.

A reunião que marcou o rompimento oficial do PMDB aconteceu na Câmara Federal e não durou 3 minutos. A votação foi feita de forma simbólica seguindo acordos realizados previamente pelo vice-presidente da República, Michel Temer.

Além de Marcelo Castro, ocupam cargos no governo Celson Pansera (Ciência e Tecnologia), Eduardo Braga (Minas e Energia), Mauro Lopes (Secretaria da Aviação Civil), Kátia Abreu (Agricultura) e Hélder Barbalho (Secretaria de Portos).

Fonte: Cidade Verde.com
João Henrique não crê em saída de Marcelo Castro do PMDB após rompimento João Henrique não crê em saída de Marcelo Castro do PMDB após rompimento Reviewed by Redação on 21:10 Rating: 5

Nenhum comentário:

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.