PM-PI quer expulsão de capitão acusado de matar Camilla Abreu

Allisson Wattson confessou que matou Camilla Abreu com tiro e tentou esconder o corpo em matagal 

A Polícia Militar do Piauí divulgou nesta quinta-feira (08/02) uma nota em que opina pela expulsão do capitão Alisson Wattson da Silva Nascimento, acusado de matar a namorada Camilla Abreu em outubro de 2017.

A decisão se dá após a conclusão do inquérito que foi aberto pela polícia e defende a demissão do capitão da corporação.

Na nota de esclarecimento divulgada e assinada pelo comandante geral da PM, coronel Carlos Augusto, a Polícia Militar decidiu em Comissão Processante, por unanimidade de votos, expulsar Alisson Wattson. Agora cabe ao Tribunal de Justiça do Piauí decidir pela demissão dele.


Foto: AsCom

Camilla Abreu, na época com 22 anos, era estudante de direito e namorava com o policial Allisson Watson há 10 meses, quando no dia 26 de outubro de 2017, desapareceu após sair com ele. Depois de dias de investigação, a Delegacia de Homicídios descobriu que o militar a matou com um tiro no rosto dentro do seu carro, jogou o corpo em um matagal e tentou limpar os indícios do crime, inclusive com a tentativa de se desfazer do veículo. Preso, ele confessou o crime, e investigações apontam que ela era constantemente agredida e alvo dos ciúmes do homem que a pressionou num relacionamento nocivo.
PM-PI quer expulsão de capitão acusado de matar Camilla Abreu PM-PI quer expulsão de capitão acusado de matar Camilla Abreu Reviewed by Redação on 20:14 Rating: 5

Nenhum comentário:

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.