'Governo está dando calote nos servidores públicos e nos hospitais', diz Luciano

O deputado teve requerimento que solicitava informações sobre Plamta rejeitado na Alepi

O deputado estadual Luciano Nunes apresentou requerimento, que foi rejeitado pela base governista na Assembleia Legislativa, no qual pedia a realização de uma audiência pública na Comissão de Administração Pública e Política Social para debater atrasos no pagamento pelo Governo do Estado dos hospitais credenciados junto ao Plamta (Plano de Saúde Tratamento e Assistência).

 
Foto: Divulgação

De acordo com o parlamentar, os funcionários públicos estaduais foram surpreendidos com a notícia de que que os hospitais credenciados ao Plamta, todo eles, notificaram o Instituto de Saúde do Estado de que com 30 dias irão paralisar todos os atendimentos.

“Já não é novidade a situação que passam os hospitais credenciados ao Plamta, que é o Plano de Saúde dos servidores públicos do estado do Piauí. Há muito tempo existem queixas de não atendimento, alguns hospitais criando restrições porque os pagamentos estão em atraso por parte do IASPI. Milhares de servidores púbicos do Estado do Piauí estão todos apavorados porque do dia para noite vão perder seu plano de saúde, um patrimônio do servidor público do Estado do Piauí e que está ameaçado”, disse o deputado.

Luciano ressaltou que essa é uma conduta criminosa do Governo do Estado. “O governador está fazendo isso com os consignados, o Tribunal de Contas até hoje não liberou o relatório, desde o final do ano passado sabíamos que R$154 milhões era o dinheiro dos consignados que foram desviados pelo Governo do Estado. E ontem, fomos surpreendidos com essa notícia perigosa, dramática e escandalosa de que o maior patrimônio dos servidores corre risco porque o governo está dando calote nos servidores públicos e nos hospitais da rede credenciada ao Plamta”, afirmou.

Estima-se que são R$ 75 milhões que o IASPI deve aos hospitais e à rede credenciada e que são seis meses sem repassar o pagamento dos hospitais. “Não tem nenhuma empresa que resista seis meses trabalhando sem receber. Então, estamos chegando ao caos, e pra onde é que está indo o dinheiro, tendo em vista que todo mês é descontado do servidor no contracheque”, questionou Luciano Nunes.

O parlamentar fez ainda um apelo ao governador Wellington Dias para resolver a situação. “Faço um apelo porque é urgente. O que está em jogo é o Plano de Saúde dos servidores, são vidas, são hospitais que estão beirando a falência. Pedimos que o governo cumpra sua obrigação, que é tão somente repassar o que é arrecadado mensalmente dos servidores, e pagar pelos serviços prestados”, explicou.

Fonte: AsCom
'Governo está dando calote nos servidores públicos e nos hospitais', diz Luciano 'Governo está dando calote nos servidores públicos e nos hospitais', diz Luciano Reviewed by Redação on 16:19 Rating: 5

Nenhum comentário:

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.